Veja 10 dicas de cachoeiras próximas de BH para conhecer!

  • Home
  • Viagens
  • Veja 10 dicas de cachoeiras próximas de BH para conhecer!

Existem diversas cachoeiras perto de BH para conhecer, e o turismo da região gira entorno dessas atrações. O relevo e o clima do estado de Minas Gerais fazem com que se formem lindas quedas. A vegetação mais baixa do cerrado, predominante na região, emoldura os poços e convida para um mergulho. Tudo isso com acesso fácil para os turistas.

Então, se você está de passagem por Belo Horizonte ou quer fugir da agitação da capital, que tal aproveitar as dicas a seguir e descobrir algumas das mais belas paisagens do estado? Confira o nosso guia, escolha o destino e aproveite um dia revigorante em meio à natureza e quedas d’água!

1. Cachoeira Véu da Noiva

O Circuito do Parque Nacional da Serra do Cipó abriga centenas de lindas quedas e poços limpíssimos. A mais conhecida de todas as cachoeiras do parque, assim como a de melhor acesso e estrutura para os visitantes, é a do Véu da Noiva. É possível acampar bem próximo e dormir ouvindo o barulho da água.

Para chegar lá, é preciso seguir sentido à cidade de Lagoa Santa. É o mesmo caminho para o Aeroporto Internacional de Confins e para a Cidade Administrativa. Depois, basta seguir as placas com indicações para a Serra do Cipó. Alguns acessos são cobrados e a caminhada é de cerca de 400 metros.

2. Cachoeira de Santo Antônio

Localizada na cidade de Raposos, a cachoeira de Santo Antônio é destino certo para vários visitantes nos feriados e finais de semana. São cerca de 20 metros de queda e um poço com áreas rasas e de maior profundidade.

A entrada na água é amena e existe uma prainha de pequenas pedras que faz com que seja muito confortável para sentar, relaxar e aproveitar o dia.

Basta se dirigir para a cidade de Raposos e do centro seguir as placas que indicam a cachoeira de Santo Antônio. São, aproximadamente, 15 quilômetros de estrada de terra bastante irregular. Motos e carros 4×4 chegam com facilidade, mas os outros veículos podem encontrar dificuldade.

3. Cachoeira Poço Encantado

A cidade de Brumadinho, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte, conta não apenas com um museu bastante conhecido, mas também oferece opções de cachoeiras e poços nos quais os visitantes podem se banhar e aproveitar a vista das montanhas de Minas Gerais. É uma das melhores cachoeiras perto de BH para conhecer!

Existe até uma linha de ônibus partindo de Belo Horizonte que deixa os visitantes na portaria de um condomínio próximo à cachoeira. De lá, são cerca de 7 km de uma caminhada de dificuldade média em uma trilha com vegetação baixa. O poço costuma ficar sombreado, o que é ótimo em dias de sol muito forte.

4. Cachoeira da Ostra

Essa cachoeira também fica localizada no município de Brumadinho, a cerca de 20 km do centro da capital mineira, próxima ao conhecido bairro Casa Branca. Ela fica logo na descida da serra para a cidade de Moeda. A região tem movimento frequente e é possível encontrar uma boa estrutura no caminho.

A trilha para chegar até a queda requer um pouco mais de cuidado, pois apresenta dificuldade alta — são muitas pedras pontiagudas. A água gelada e a linda vista, porém, recompensam o esforço. A flora do entorno é composta por espécies ameaçadas, como a canela de ema e o samambaiaçu.

5. Cachoeira do Paiolinho

Também localizada em Moeda, a Cachoeira do Paiolinho está a 60 km da capital mineira. Ao contrário da Cachoeira da Ostra, essa queda d’água, com cerca de 7 metros, conta com uma trilha de fácil acesso — mas a sua beleza também compensa a visita, sobretudo para aqueles que buscam um local para relaxar e sem ter muito trabalho.

Além das águas cristalinas, a Cachoeira do Paiolinho conta com boa infraestrutura para o turista: com área de camping e restaurante. Porém está situada em uma área particular e, para ter acesso, é necessário pagar uma taxa.

6. Cachoeira das Codornas

Localizada na cidade de Nova Lima, a cerca de 50 km de Belo Horizonte, a Cachoeira das Codornas conta com grande beleza natural e um acesso bastante fácil — dá para seguir quase todo o caminho de carro. Mas existe a opção de se deslocar a pé ou de bicicleta até a queda, podendo deixar o seu veículo em frente ao Condomínio Alameda das Águas.

Com um cânion rochoso nas bordas, com 10 metros de profundidade, a Cachoeira das Codornas também é um grande atrativo para quem, além de um mergulho, também busca uma caminhada com paisagem encantadora. A trilha, com baixa dificuldade, é de 12 km ida e volta.

7. Cachoeira da Carranca

Com uma queda d’água de pouco mais de 5 metros, poço para banho e praia de areia e cascalho, a Cachoeira da Carranca é uma excelente opção para quem busca um passeio em família ou um lugar para relaxar com os amigos. Isso porque conta com um caminho todo sinalizado e de fácil acesso.

As águas do local são cristalinas, perfeitas para as crianças brincarem ou para “prosear” com os entes queridos, além de oferecer uma trilha com bela paisagem. A Cachoeira da Carranca está localizada no distrito de Acuruí, em Itabirito, a cerca de 80 km da capital. Para chegar, basta pegar a estrada sentido a Ouro Preto.

8. Cachoeira de Cocais

No distrito de Cocais, em Barão de Cocais, a 90 km de BH, está localizada a Cachoeira de Cocais, que é um oásis escondido em meio à mata e natureza local. Lá, o visitante encontrará diversas formações de duchas e piscinas naturais, que proporcionam excelentes momentos de diversões e banhos relaxantes.

Também conhecida como Cachoeira da Pedra Pintada, possui diversas quedas d’água em um paredão com mais de 30 metros de altura. Também é convidativa para os adeptos de mountain bike, canyoning e trekking. É cobrada uma taxa de R$ 12 para acessar ao local.

O distrito em que está localizada Cocais também é bastante charmoso e, anualmente, promove a Festa da Quitanda, com inúmeros quitutes de dar água na boca.

9. Cachoeira do Macuco

A Cachoeira do Macuco oferece um verdadeiro espetáculo para quem a visita. Com uma queda de mais de 100 metros, a água desce por paredão rochoso para formar piscinas naturais com águas cristalinas, geladas e revigorantes. O local ainda permite que os turistas mais aventureiros pratiquem canyoning.

Esse belo paraíso natural está entre os mais fascinantes de Minas Gerais e é localizado em Ipoema, distrito de Itabira, a cerca de 100 km de Belo Horizonte. Pode até parecer longe, mas com duas horas de carro é possível chegar ao local. Lembre-se: a Cachoeira do Macuco é uma propriedade particular e, para visitação, é cobrada uma taxa de R$ 10.

10. Cachoeira Cascatona

Situada próximo aos municípios de Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas, a Cachoeira Cascatona é imponente! Com grande queda e bastante volume d’água, o espaço ainda conta com uma bela paisagem em seu entorno — que encanta desde a trilha de acesso. Perfeito para quem quer se encantar e relaxar.

A Cachoeira Cascatona está a 120 km de BH e integra um dos lugares com a natureza mais diversa, encantadora e convidativa de Minas Gerais: a Serra do Caraça. Para quem visitar o local, também é interessante passar pelas cidades próximas, todas históricas, assim como esticar o passeio até o Santuário do Caraça.

Como vimos, existem muitas cachoeiras perto de BH, transformando o entorno da capital mineira bastante rico de atrações naturais que valem a pena conhecer. Tanto em dias quentes, que convidam para um mergulho, quanto nos dias frios, perfeitos para boas caminhadas, a natureza de Minas Gerais é encantadora.

Gostou deste artigo com as cachoeiras perto de BH que valem a pena conhecer? Então, não deixe de saber mais sobre Inhotim, outro destino obrigatório em Minas Gerais. Até a próxima!

Deixe um comentário

Share This