Por que se hospedar no bairro Jardins em São Paulo?

Foto aérea da região da Avenida Paulista, com prédios ao redor

Um dos principais pontos turísticos da cidade, a região dos Jardins, em São Paulo, compreende os quatro bairros considerados os mais nobres da capital: Jardim América, Jardim Europa, Jardim Paulista e Jardim Paulistano, além de alguns trechos de Cerqueira César, ao sul da Avenida Paulista.

Com uma diversidade de lojas de grifes, restaurantes e residências de alto padrão, a região está bem próxima de importantes atrativos turísticos e centros comerciais. Portanto, seja a turismo de negócios ou viagem a lazer, o bairro Jardim Paulista em São Paulo é, certamente, um ponto estratégico para quem visita a capital paulista.

Neste post, apresentamos alguns encantos e curiosidades do bairro e os motivos que o fazem ser uma excelente opção de hospedagem para sua próxima viagem. Confira!

O primeiro bairro-jardim do país

Em 1913, a partir de um loteamento feito pela Companhia City of São Paulo, foram iniciadas as obras do Jardim América, o primeiro dos quatro bairros da região. O projeto urbanístico, que unia residências de luxo e grandes áreas verdes, foi assinado pelo inglês Barry Parker, responsável pelo planejamento do primeiro bairro-jardim da capital inglesa.

Rapidamente, famílias tradicionais da elite paulistana e importantes figuras políticas adquiriram os lotes e se estabeleceram por ali. Na década de 1920, com o sucesso do empreendimento, surgiram o Jardim Europa, o Jardim Paulista e o Jardim Paulistano.

Atualmente, a região é tombada pelo Condephaat, por ser a primeira experiência de urbanização pelo modelo cidade-jardim no Brasil.

Grifes de luxo e alta gastronomia

O bairro Jardim Paulista em São Paulo é onde estão localizadas as ruas Oscar Freire (uma das melhores ruas de comércio de luxo do mundo), Haddock Lobo, Augusta e Bela Cintra, além das avenidas Paulista, Rebouças e Europa, com suas concessionárias de veículos importados.

Grifes de luxo como Dior, Versace, Giorgio Armani e Alexandre Herchcovitch possuem lojas na região, que conta também com bares e restaurantes com destaque nos guias de alta gastronomia, como o bistrô francês Paris 6 e A Figueira Rubaiyat, com cozinha internacional. O Shopping Iguatemi, o primeiro e um dos mais luxuosos do país, também fica nas redondezas.

Bares, casas noturnas e moda alternativa

O bairro conta com outros diversos atrativos, além das grifes de luxo e restaurantes sofisticados. Na Rua Augusta, está a Galeria Ouro Fino, com centenas de lojas de moda alternativa, estúdios de tatuagem e cafés.

Os bares com clima informal da Alameda Joaquim Eugênio de Lima, pubs temáticos (como o irlandês O’Malley’s) e o tradicional Bar Balcão, com mais de duas décadas, também dão tom ao bairro.

Para a noite, boas dicas são curtir a bela vista do Skye — misto de restaurante, bar e pista de dança — e as baladas eletrônicas na Rua Augusta.

Opções culturais e atrativos turísticos

Inúmeros atrativos culturais e turísticos estão localizados no bairro Jardim Paulista em São Paulo, como o mais importante museu da América Latina. Com acervo de 8 mil peças, o MASP tem uma das programações mais concorridas da cidade.

Além dele, estão por perto também o MuBE (Museu Brasileiro da Escultura), o MIS (Museu da Imagem e Som), o Itaú Cultural, a Casa das Rosas e a Livraria Cultura do Conjunto Nacional, a maior do país.

Se você quiser fugir da rotina, os parques Trianon e Mário Covas são uma ótima opção. Abrigam uma flora e fauna diversificada e são perfeitos para tardes agradáveis. Aos domingos, a Avenida Paulista é fechada para os carros e vira local de encontro de famílias, piqueniques e passeios de bicicleta.

Turismo de negócios

Mas se você viaja a trabalho, saiba que o Jardim Paulista continua sendo perfeito para você! Encontra-se ali a maior concentração de consulados da capital — 15 países possuem representações no bairro —, além de abrigar as sedes da Fiesp, do Grupo Pão de Açúcar e de diversos bancos.

As avenidas Paulista e Rebouças, importantes vias de acesso da cidade, também concentram diversos escritórios e empresas. Além disso, três estações do metrô (Trianon-Masp, Consolação e Oscar Freire) facilitam o acesso e a mobilidade do viajante.

Essas são apenas algumas das vantagens de se hospedar no bairro Jardim Paulista em São Paulo! Para ficar por dentro de outras dicas sobre viagens e roteiros turísticos, assine nossa newsletter!

Deixe um comentário

Share This