Feira Hippie de Belo Horizonte: compras e cultura nas manhãs de domingo

  • Home
  • Curiosidades
  • Feira Hippie de Belo Horizonte: compras e cultura nas manhãs de domingo

Se você está de passagem pela capital mineira, a trabalho ou turismo, que tal estender um pouco mais a estadia até o final de semana e conferir uma das atrações turísticas e culturais mais tradicionais da cidade? Estamos falando da Feira Hippie de Belo Horizonte!

Neste post você vai conhecer a história do surgimento da feira — a maior a céu aberto da América Latina — e como ela fomenta a economia gerando renda para milhares de artesãos que expõem todo o seu talento nas manhãs de domingo, em pleno centro da cidade.

É garantia de lazer e boas compras. Confira!

A criação da Feira Hippie de Belo Horizonte

O nome oficial é Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte. Porém, desde a sua criação em 1969, por artistas e artesãos, ela foi carinhosamente “apelidada” de Feira Hippie pelos visitantes e moradores da cidade e assim ficou conhecida nacional e mundialmente.

É normal passear pelos corredores da feira e se deparar com visitantes das mais diversas nacionalidades, encantados com a beleza e a criatividade dos artesãos, que expõem seus produtos de maneira harmônica para chamar a atenção de quem transita pelo local.

As atrações musicais, culturais e gastronômicas

A Feira Hippie de belo Horizonte é considerada um ponto de encontro entre amigos, a população local e os diversos visitantes vindos de fora para conversar, fazer compras e claro, provar dos mais deliciosos quitutes oferecidos nas barracas de alimentação. O cheiro de acarajés, espetinhos, tortas, bolos e inúmeros pratos típicos vai longe e é muito convidativo.

É possível assistir as apresentações culturais que vão desde as rodas de capoeira e shows de músicos independentes até aos artistas de ruas com sua cena estática simulando uma estátua viva em troca da contribuição livre dos visitantes.

Os setores de artesanatos

A feira possui mais de 4 km de extensão e seria muito fácil se perder em meio aos corredores ou levar um bom tempo à procura de produtos específicos. Para facilitar a interação, a feira é organizada em mais de 15 setores e cerca de 2000 expositores estão à disposição para melhor atender os visitantes.

O evento acontece todos os domingos pela manhã até o início da tarde. É quase impossível percorrer todos os corredores em um só dia, então, chegue cedo para conseguir ter acesso ao maior número possível de barracas. No fim da manhã, a feira fica lotada e muitos dos melhores produtos já foram vendidos.

Passeando por cada um deles, você vai encontrar uma infinidade de produtos confeccionados à mão ou por pequenas indústrias comandadas pelos artesãos. De uma forma ou de outra, as mercadorias são produzidas com a mais alta qualidade — característica própria de quem está há quase 50 anos proporcionando boas compras e muitas alegrias aos turistas.

Confira os principais setores!

  • bijuterias;

  • esculturas;

  • decoração;

  • artigos de cama, mesa e banho;

  • pinturas;

  • brinquedos;

  • tapeçaria;

  • calçados e bolsas;

  • vestuário adulto e infantil;

  • mobiliários;

  • alimentação.

A localização privilegiada

Desde que foi instalada na Avenida Afonso Pena, uma das principais e mais movimentadas da capital, a Feira Hippie de Belo Horizonte ganhou cada vez mais visitantes, atingindo cerca de 80 mil por domingo.

A localização é central e privilegiada, pois fica próximo de bons hotéis, o que facilita a locomoção caso você queira andar pelas ruas e conhecer mais um pouco da cidade. Se preferir, pode usar os serviços de táxi disponíveis nos arredores.

Ao visitar a Feira Hippie de Belo Horizonte, certamente você sairá de lá não somente com várias compras e lembrancinhas, mas também com a grata satisfação de ter participado de um dos mais famosos e impressionantes patrimônios históricos, turísticos e culturais de Minas Gerais e do Brasil.

Gostou de saber que você tem mais uma ótima opção de lazer e cultura em Belo Horizonte? Então, compartilhe esse texto nas suas redes sociais e divida com os seus amigos essa informação para que eles também aproveitem BH! 

Deixe um comentário

Share This