Como usar o bitcoin em viagens de trabalho e lazer

Imagem com fotos de moedas com a inscrição "B" de bitcoin no centro de cada uma delas

O bitcoin está ganhando força a cada dia. A constante valorização e crescimento faz com que seja difícil ignorá-lo. E essa febre não ocorre só no Brasil.

O número de pessoas pelo mundo querendo entender como usar o bitcoin, e se vale a pena comprá-lo, é tão expressivo, que os estabelecimentos estão aderindo à moeda, de uma forma muito rápida. Afinal, ninguém quer perder dinheiro no mercado, não é mesmo?

Se você quer saber se vale a pena utilizar os bitcoins em suas viagens de trabalho ou passeio, este post é para você! Leia o texto e fique por dentro do assunto.

Afinal, o que é um bitcoin?

É uma moeda virtual que não segue o mesmo padrão do “dinheiro real” e que pode ser utilizada em qualquer lugar do mundo, sem grandes problemas.

A grande diferença é que o bitcoin é um sistema de trocas virtual, não segue às regras do território que ele pertence, ou seja, o valor sempre se mantém. Não importa onde você esteja, na China ou na Indonésia, um bitcoin, será sempre um bitcoin. E assim, a conversão de valores como conhecemos, passa a não existir.

Como usar o bitcoin para viajar?

Utilizar as valiosas moedas virtuais nas viagens é bem simples. Primeiramente, você deve conhecer quais locais trabalham com essa forma de troca. Para isso, você pode contar com a ajudinha de aplicativos como o coinmap.org, o coinatmradar.com e o coindesk.com/, que realizam esse mapeamento para você.

A forma de pagamentos em si é a mesma: em vez de débito ou crédito você transfere bitcoins.

Legal, mas eu tenho alguma vantagem se preferir usá-los?

Lembra que o bitcoin é uma moeda sem fronteiras? Uma das grandes vantagens é que ao pagar suas despesas não será cobrado IOF.

Esse imposto está vinculado às regras territoriais dos países. Ou seja, se você fizer uma compra na Europa, como os valores do Euro são diferentes, é necessário converter a moeda, e é essa conversão que gera o imposto.

Como o biticon não pertence a um lugar específico, não há necessidade dessa cobrança, o que representa uma boa economia.

E já é possível viajar só com bitcoins?

Com algumas pesquisas e os aplicativos certos sim, já é possível agendar excursões e viajar somente com as moedas virtuais, e inclusive dar a volta ao mundo.

Para agendar passagens aéreas nacionais e internacionais, você pode utilizar, por exemplo, o CheapAir. O site funciona de forma simples, e aceita bitcoin como pagamento.

Para se hospedar o Expedia é uma excelente opção de buscador, e também traz a opção de montar alguns pacotes e alugar carros.

Feito isso, você vai precisar se alimentar durante seu roteiro. Utilize então o site Coinmap para localizar restaurantes e lanchonetes na região que você vai visitar.

Uma dica bem bacana é que para aumentar sua segurança, já é possível criar cartões de débito internacionais (VISA) carregado com bitcoins. Assim, você se livra da sensação de que está viajando sem dinheiro.

Entendeu como usar o bitcoin para realizar diferentes tipos de viagens? Tenha em mente os aplicativos corretos e pronto. Só embarcar!

Se você gostou do post, não deixe de compartilhar com seus amigos nas suas redes sociais. E  não se esqueça: o Royal Jardins, já aceita bitcoins, ok? Boa viagem!

Deixe um comentário
Share This