Como a Internet das Coisas vai afetar a rede de hotéis?

Você já ouviu falar da Internet das Coisas? A Internet está presente em praticamente todo lugar atualmente. As pessoas estão cada vez mais dependentes dessa ferramenta de conexão para se relacionar, realizar negócios e até mesmo para fazer atividades simples como pagar um boleto ou praticar atividades físicas. 

Existe uma interface conectada à rede para quase toda atividade praticada no dia de uma pessoa comum. Além disso, a necessidade de compartilhar cresce continuamente e se entranha na cultura da nossa sociedade. Seja por necessidade ou por desejo, todos anseiam pela conexão à Internet e todas as facilidades que ela traz.

A influência dela é tão grande nos dias de hoje que não basta mais que ela esteja presente nos smartphones ou nas televisões: outros objetos de uso diário passaram a receber a conexão com a rede para oferecer funções mais personalizadas e elaboradas. Neste texto, vamos explicar como isso vem acontecendo e a influência que essa revolução terá na hotelaria. 

A Internet das Coisas

Era impensável que um aparelho que começou mostrando o mundo em preto e branco, como a televisão, seria hoje um objeto conectado à rede de computadores e capaz de oferecer funções tão inovadoras. Agora, imagine que o movimento que levou Internet até a sua televisão também o fizesse com a sua máquina de lavar e a sua geladeira.

A esse movimento de levar a Internet até objetos de uso das pessoas comuns foi dado no nome de IoT, ou Internet of ThingsNa tradução para o português, o termo quer dizer a Internet das Coisas. Um chuveiro, uma mala de viagem, um chaveiro, uma mesa… A lista de coisas sendo acrescidas do recurso de conexão à rede é interminável. 

Existem hoje até mesmo residências inteiras que são completamente conectadas, desde as janelas até a porta da garagem e os eletrodomésticos. Com esse recurso, os aparelhos passam a compartilhar mais informações com o usuário, mesmo estando distantes, e ainda possibilitam diversas personalizações de uso.

A estimativa é de que, atualmente, cerca de 80 coisas se conectam à Internet por segundo ao redor do mundo e a estimativa é de que, para os próximos anos, esse número chegue a 250. É estimado ainda que, até 2020, cada pessoa terá, em média, nove objetos conectados. Essa revolução afetará diretamente o ramo da hotelaria. 

Influência na hotelaria

O hotel é considerado a extensão da residência de um indivíduo. Quando um usuário entra no seu quarto de hotel, ele deve ter a mesma sensação de segurança e privacidade que sente quando chega em sua própria casa. Com a ampliação da rede de objetos para as residências comuns, será indispensável que os hotéis façam o mesmo. 

Com a mudança do modo de vida dos usuários, aqueles estabelecimentos que não se adiantarem para acolher e participar da transformação tecnológica iminente deixarão de oferecer esse conforto aos seus hóspedes e poderão perder a capacidade de oferecer uma experiência de identificação por parte do usuário. 

Além disso, as redes hoteleiras também poderão usufruir do compartilhamento de dados por parte dos usuários para se preparar e organizar suas atividades de forma a estarem prontas para receber as pessoas com antecedência e de uma maneira muito mais precisa. Isso fará com que seja possível reduzir custos e otimizar a disponibilidade.

Personalização e aprimoramento da experiência

Com a Internet das Coisas será possível que o hóspede personalize funções como a temperatura do quarto, da cama, da geladeira e do chuveiro. A posição da cama, o conteúdo do frigobar, a iluminação do ambiente… não há limites para as possibilidades de configuração personalizada a partir do acréscimo da Internet aos objetos. 

Isso fará com que o usuário se sinta em casa, não importa onde ele esteja ao redor do mundo, já que ele pode repetir uma configuração parecida com aquela que ele utiliza em casa. Assim, não existirá mais aquela sensação de desajuste que remete ao fato de estar distante. Dessa maneira, os hotéis poderão oferecer uma experiência muito mais semelhante à de estar na própria casa.

E essas configurações ficarão salvas: ou seja, o hóspede não precisará fazer isso mais de uma vez, ou poderá até mesmo importar as configurações de sua residência, fazendo do quarto de hotel uma imitação quase perfeita de sua própria casa. Isso permitirá aos hotéis oferecer um serviço mais completo e acrescido de valor, possibilitando uma maior produtividade também de quem viaja a trabalho. 

Segurança e previsibilidade

A segurança, tanto dos hotéis quanto dos usuários, também será maior. Será possível para o hóspede receber com antecedência uma chave virtual própria para o seu quarto e que lhe dê acesso limitado aos ambientes, andares e comodidades do hotel que lhe sejam pertinentes e que tenham sido contratados. 

Será possível, ainda, prever com muita precisão o momento de chegada e de saída do hóspede para que seja feita a preparação para o check in ou a limpeza dos quartos. Com o fluxo dessas informações, usuários e hotéis serão capazes de compartilhar dados entre si e isso trará praticidade e conveniência para todos. 

Os riscos da conexão 

É claro que existe um ponto de atenção: com o acesso à rede, surge a possibilidade de ataques virtuais de vários tipos. Para isso, é importante que tanto os hotéis quanto os usuários façam uso de mecanismos de segurança que garantam a integridade dos dados de ambos. Ninguém quer ter nenhum tipo de dado pessoal ou restrito sendo furtado. 

A Internet veio para ficar e é imprescindível para qualquer ramo do mercado se adaptar às transformações tecnológicas. Ainda que vários problemas tenham surgido com a rede, é impossível negar os benefícios que a conexão trouxe à vida de todos nós. Por isso, os hotéis, em um futuro próximo, contarão certamente com recursos divertidos, úteis e surpreendentes.  

O que você acha desse movimento e como você vê o futuro de viajantes e hotéis? Compartilhe conosco a sua percepção! Deixe nos comentários suas impressões, preocupações e expectativas com a Internet das Coisas e nos ajude a nos prepararmos melhor para atender você em um futuro próximo, com toda a tecnologia e conexão que você desejar.

Deixe um comentário
Share This