7 dicas para manter a produtividade em viagem corporativa

  • Home
  • Viagens
  • 7 dicas para manter a produtividade em viagem corporativa

Hospedagens mais próximas do local de trabalho, boas noites de sono e pausas para o lazer ao longo do dia. São muitas as medidas que podem ser tomadas pelos viajantes para garantir um nível mais satisfatório da produtividade em viagem corporativa — refletindo-se na lucratividade empresarial.

Isso porque, mesmo estando os colaboradores fisicamente distantes das empresas, seus trabalhos fazem parte das estratégias de sucesso dos negócios, por meio de um contato mais caloroso e profissional com clientes de outras cidades. 

Por isso, o bem-estar dos colaboradores precisa sempre estar em primeiro lugar durante todo o período em que estiverem fora para a obtenção de resultados mais promissores.

Então, fique conosco neste post e confira sete dicas de como manter a produtividade em viagem corporativa! Acompanhe!

1. Planeje sua agenda de viagem com antecedência

O planejamento é, sem dúvidas, um dos grandes aliados nas viagens executivas, pois facilita o controle de todas as tarefas a serem cumpridas dentro dos prazos estipulados. 

Dessa forma, inicialmente, é importante que os colaboradores estejam alinhados aos reais objetivos e metas dessas viagens para que, a partir disso, seja possível definir minuciosamente cada passo a ser dado.

Para isso, o uso de agendas impressas ou digitais são formas simples, porém bastante eficientes para administrar essas atividades pendentes e seu tempo restante de conclusão.

Além disso, é essencial considerar nos planejamentos a ocorrência de imprevistos que possam interromper os fluxos de trabalho. Isso evita atrasos e, em consequência, reduzir o estresse dos colaboradores. 

2. Tenha momentos de lazer

Embora não seja o foco das viagens corporativas, o lazer é, igualmente, crucial para manter a produtividade dos viajantes. Afinal, após oito horas de trabalho, o corpo e a mente pedem por um momento de distração para recarregar as energias, não é mesmo?

Assim, uma volta no parque, uma sessão no cinema, uma breve visita a algum ponto turístico da cidade e uma leitura de um bom livro na própria acomodação são opções simples de entretenimento que podem ser incluídas no roteiro. 

Contudo, vale ressaltar que é preciso identificar o momento ideal dessas distrações a fim de não influenciarem de modo negativo na qualidade do trabalho — principal objetivo das viagens. 

3. Priorize uma boa noite de sono

De acordo com estudos, pessoas entre 18 e 64 anos de idade precisam de 7 a 9 horas diárias de sono para que consigam descansar totalmente.

Para isso, ações simples, como evitar o uso do celular uma hora antes de ir para a cama e dormir em ambientes minimamente estruturados, podem ser decisivas para uma boa noite de sono.

Da mesma forma, esses cuidados precisam ser levados em conta durante o planejamento das viagens corporativas. Afinal, a saúde mental e física dos colaboradores está diretamente relacionada ao seu desempenho.

Por isso, a busca por hospedagens corporativas que ofereçam quartos equipados com camas espaçosas e confortáveis, sistemas de ar-condicionado, janelas com blindagem acústica e cortinas black-out fazem toda a diferença.

4. Utilize tecnologias para agilizar o trabalho

Atualmente, há uma gama infindável de dispositivos de automação que facilitam desde a locomoção dos viajantes até a comunicação imediata com as empresas.

Os sistemas de armazenagem em nuvem, por exemplo, são cada vez mais relevantes no mercado de trabalho, diante da facilidade de acesso a documentos das empresas a qualquer hora do dia e em qualquer lugar do mundo.

Assim, as diversas tecnologias da atualidade são excelentes ferramentas de apoio. Elas agilizam os fluxos de trabalho dos colaboradores com mais praticidade e segurança.

Todavia, muitos desses aparatos somente são executáveis por meio do acesso à Internet. Por isso, antes de efetuar a reserva em uma acomodação, certifique-se de que existam serviços de acesso a Wi-Fi rápido dentro dos quartos, e não somente nas áreas comuns do hotel.

5. Deslocamento facilitado

O gerenciamento do tempo investido nas viagens otimiza todo o trabalho a ser desempenhado e, ao mesmo tempo, auxilia na identificação dos melhores períodos de descanso e lazer.

Nesse sentido, as horas despendidas com o deslocamento da acomodação até o local de trabalho e vice-versa podem reduzir drasticamente o tempo disponível dos colaboradores nas viagens, ocasionando em muita correria, desgaste físico e estresse.

Para evitar problemas do gênero, a reserva de hospedagens localizadas próximas aos principais centros urbanos, como no bairro Savassi em Belo Horizonte e no bairro Jardins em São Paulo, otimiza toda essa logística de locomoção.

6. Alimente-se bem

Pesquisas apontam que a ausência de uma alimentação rica em fibras, vitaminas e proteínas pode provocar a queda de até 93% da produtividade dos funcionários. Assim, a inclusão de verduras, frutas e grãos integrais em uma dieta diária impacta o desempenho no trabalho.

No entanto, ainda que você se alimente bem no seu dia a dia, o descuido com o que se come pode acontecer, principalmente, durante as viagens corporativas por falta de tempo ou de familiaridade com restaurantes locais. Assim, é interessante que seja dada preferência para acomodações com serviços de quarto disponíveis 24 horas por dia.

Afinal, caso as reuniões e outras atividades prolonguem-se além dos horários previstos, os viajantes conseguem manter uma alimentação saudável mesmo após o horário comercial.  

7. Seja pontual

A pontualidade é outro aspecto primordial, visto que os atrasos em reuniões corporativas, em especial, com novos clientes, muitas vezes, provoca uma má impressão sobre as empresas representadas e, em consequência, diminui as chances de negociações promissoras.

Além disso, a perda de voos e o descuido com os fusos horários também podem comprometer o desempenho dos trabalhos e ocasionarem grandes prejuízos às empresas. Por isso, o planejamento prévio combinado ao uso de aplicativos digitais é de grande ajuda aos viajantes para que jamais percam a hora.

Portanto, os cuidados com a alimentação, descanso, lazer, locomoção e pontualidade dos colaboradores são dicas valiosas, pois se refletem positivamente nos resultados finais esperados dos viajantes enquanto estão fora.

Sempre que precisar, conte com a Royal Hotéis. Atuante no mercado há mais de 50 anos, a rede hoteleira oferece acomodações de alto nível em Belo Horizonte e São Paulo, priorizando-se pelo bem-estar e descanso dos colaboradores durante todo o período de estadia.

Agora que você conhece os principais pontos de atenção para aumentar a produtividade em viagem corporativa, que tal conhecer quais são as formas de locomoção do aeroporto de Confins até Belo Horizonte? Continue conosco!

Deixe um comentário

Share This